Novidades para você

sexta-feira, 26 de março de 2010

Senhores Pais Separados

Eu já tô besta de ver tanta liminar do nível recursivo que tenta burlar ou contradizer as leis tentando enganar a justiça.

FALA SÉRIO!

Todas as crianças têm uma legislação especifica que cuida só disso. Todos os direitos a elas são preservados de acordo com a Lei 8.069/1990, que se trata do ESTATUTO DE DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, que em sua total integridade garante os seus direitos.

Nesta semana vimos uma novela de terror no Fórum de Santana, que espero que neste episódio os monstros assassinos sejam punidos com os maiores e mais rígidos critérios que a lei possa impetrar para condená-los.

E pelo que parece acho que os réus nunca leram uma linha deste estatuto. E não são só eles não. Infelizmente milhares de pessoas como, por exemplo, aquelas mães que embriagam filhos menores de 02 anos de idade para ir ao Forró, ou baile Funk, e são descobertos pela denúncia das próprias crianças, que acordam de madrugada sem saber ao certo o que aconteceu. Enquanto suas mães estão na vadiagem, os filhos estão sofrendo. E também os pais que abandonam as esposas e os lares com filhos, despesas e tudo também não merecem nenhum pouco de consideração. Aliás nenhum pouco, não. NENHUMA!

Chega de terrorismo contra as crianças. São muito maus tratos para pequenos seres humanos indefesos.

É claro que criança do ponto de vista deste artigo que estou escrevendo, refiro-me aos que são menores de 10 anos, pelo menos.

Uma criança antes de completar esta idade encontra-se na fase mais importante para a sua educação.

Neste período podem se desenvolver características em sua personalidade em que a criança definirá não só o seu futuro como estudante, mas também como cidadão.

É focado nessas características que necessita do desempenho do papel dos pais educadores e professores das escolas.

Assim, temos que interagir para alcançar a meta para estimular as habilidades da criança em vários aspectos que proporcionam o seu desenvolvimento através da interação com o meio físico, social e intelectual.

As escolas públicas e privadas esforçam-se através de atividades pedagógicas, levando para a vida das crianças a imagem de que a escola é um espaço mágico, gostoso e que aprender é algo prazeroso e gratificante.

E o papel dos pais, mesmo que separados, têm a mesma obrigação de cuidar do futuro dos seus filhos. Até porque um relacionamento mal sucedido não pode e nem deve interferir prejudicando o(s) seu(s) filho(s).

Eu, pelo menos estou fazendo a minha parte e cobro muito por isso.

E cobro principalmente de mim!

E que Deus nos abençoe e proteja as crianças e os ajuizados.

AMÉM!

Um comentário:

Sueli disse...

É isso aí!
Não existe "ex-filho", o que deve ser evidenciado é o amor eterno, fraternal, o amor paciente,o amor incondicionalmente infinito!
O papel da mãe e do pai é amar, criar,educar e acima de tudo proteger.
Abraço

Novidades para você

Em Breve!!! A nova Fábrica de Sites!!!